Entendendo a Inteligência Emocional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O que é?

A Inteligência Emocional está relacionada a habilidades tais como motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações; controlar impulsos canalizando emoções para situações apropriadas; praticar gratificação prorrogada; motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos, e conseguir seu engajamento a objetivos de interesses comuns. Ao longo desse texto você vai aprender a identificar e algumas dicas para lidar com as situações impostas.

Contexto:

Em 1990, os psicólogos Peter Salovey e John Mayer publicam seu artigo marco, “Inteligência Emocional”, na revista Imagination, Cognição e Personalidade.

Peter e John foram os principais pesquisadores sobre inteligência emocional. Num influente artigo “Emotional Intelligence” que definiram inteligência emocional como “o subconjunto da inteligência social que envolve a capacidade de monitorar as próprias emoções e sentimentos e a dos outros, para discriminar entre elas e usar essa informação para guiar o pensamento e ações ”

Em 1995, o conceito de inteligência emocional é popularizado após a publicação no New York Times Ciência do artigo “Inteligência Emocional: pode importar mais do que o QI”, pelo psicólogo e escritor Daniel Goleman.

Um diferencial

O mercado de trabalho busca cada vez mais por profissionais com algum diferencial competitivo para pessoas que o dominam.

Pessoas que dominam suas emoções e sabem empregá-las e adapta-las conforme necessário se destacam na multidão.

A verdadeira compaixão não significa apenas sentir a dor de outra pessoa, mas estar motivado a eliminá-la.

Daniel Goleman

A inteligência emocional no trabalho

Inteligência emocional no local de trabalho: Você trabalha sua inteligência emocional?
Já se perguntou por que tem dias muito produtivos e outros nem tanto?

Historicamente o local de trabalho é um ambiente socializador onde as relações são construídas e estabelecidas todos os dias entre pessoas de diferentes personalidades, experiências e realidades que, trocando diálogos, pensamentos e sentimentos, deixam fluir suas emoções.

Sendo assim, espera-se que o local de trabalho seja um ambiente saudável, onde procura-se de maneira construtiva estreitar ao máximo a interação entre os profissionais para o bom funcionamento da empresa, gerando maior produtividade, fortalecimento dos objetivos organizacionais e anseios gerais.

A inteligência emocional possui valor imensurável no progresso interno e externo de qualquer pessoa, pois auxilia na construção das experiências de forma participativa e conjunta, tornando os indivíduos mais compreensíveis aos feedbacks naturais do ambiente de trabalho sabendo aceita-los e direcionando-os ao seu favor. (GOLLEMAN, 1995)

Na vida pessoal

Os problemas pessoais no ambiente de trabalho são cada vez mais comuns em nossos dias.

Muitos deles são gerados dentro do próprio ambiente profissional, como também nos diversos relacionamentos extra-profissionais como a família e o ciclo de amizades, mas que como não são bem conduzidos acabam sendo levados ao ambiente organizacional. Os conflitos emocionais mal resolvidos culminam por tornarem-se situações delicadas que desfavorecem as relações pessoais.

Neste contexto a Inteligência Emocional (IE) surge como utilização adequada e inteligente, das próprias emoções para obter sucesso em decisões, objetivos e dificuldades.

Configura-se em um sucesso pessoal alcançado por qualquer pessoa em diferentes situações onde a emoção é usada para o favorecimento deste sucesso diretamente.

Pilares da Inteligência Emocional

Auto-conhecimento

Se conhecer é essencial para qualquer coisa, analise suas ações, emoções e conheça a si mesmo.

Controle Emocional

Nem tudo são flores, existem momentos de grandes picos de energia e stress da mesma forma que existem problemas de produtividade. Respire fundo e tente manter a calma sempre, buscando sempre o positivo das coisas.

Empatia

Se coloque no lugar do próximo, reconheça que todos que você conhece estão vivendo momentos bons e ruins.

Auto-Motivação

Nunca desista! Tudo é possível, desde que você acredite. Se você quer algo lute por isso, corra atrás de seus objetivos e sempre sem passar por cima de ninguém.

Relacionamento Interpessoal

Ter boas relações é uma das chaves para o sucesso, domine suas emoções e repasse esse sentimento para as pessoas ao seu redor. Tornando assim, um ambiente melhor para todos.

Caso queira trabalhar a Inteligência Emocional pessoal ou da sua empresa, entre em contato com nosso especialista:

QUERO ME DIFERENCIAR

Espero que este conteúdo tenha ajudado a entender um pouco mais sobre você e que gere grandes mudanças! Sinta-se livre para comentar aqui suas dúvidas e opiniões sobre IE.

Saiba mais no nosso Facebook e instagram

Bons planos!

Deixe um comentário!

Sobre mim

Márcio Dias é Administrador de Empresas, especialista em Inteligência Emocional, natural de Rio Grande – RS, estudo dos perfis humanos(Eneagrama), desenvolvimento de liderança e especialista em Programação Neurolinguística.

Artigos recentes

Siga-nos

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES